BLOG, BLOCO BURLESCO, MUSA E WEB RÁDIO RESPIRANDO CARNAVAL - O CARNAVAL É O ANO INTEIRO!: HISTÓRIA DOS DESFILES CARNAVALESCOS DO RIO DE JANEIRO (O berço do Carnaval) - DÉCADAS DE 20, 30, 40 E 50...






FAZER DOWNLOADS DOS SAMBAS DE ENREDO, LETRAS DE SAMBA DE ENREDO, MAPAS DAS PLANILHAS DAS NOTAS E A PROGRAMAÇÃO DO CARNAVAL CLICA AQUI. E DE OUTRAS CIDADES CLICA AQUI.


terça-feira, 11 de janeiro de 2011

HISTÓRIA DOS DESFILES CARNAVALESCOS DO RIO DE JANEIRO (O berço do Carnaval) - DÉCADAS DE 20, 30, 40 E 50...

Início da década de 20: O Rio de Janeiro começava a tomar contato com o samba depois que "Pelo Telefone", de Sinhô, Mauro de Oliveira de Almeira e Donga, foi gravado em 1917 e fez sucesso. Mas as rodas de samba eram vistas pela polícia mais como uma reunião criminosa, "vagabundagem" que uma manifestação cultural. Nos morros do centro da cidade, especialmente no bairro do Estácio, o samba começava a tomar a forma que o tornaria conhecido em todo o país, distanciando-se cada vez mais de outros ritmos como o maxixe ou a marcha.
Abril de 1923: É fundado no dia 11 em Oswaldo Cruz, bairro distante do centro, um bloco chamado Conjunto Carnavalesco Oswaldo Cruz. Por Paulo Benjamin de Oliveira, Antônio Rufino e Antônio Caetano. Pouco tempo depois passa a se chamar Vai Como Pode.
Agosto de 1928: No dia 12, foi fundado por Ismael Silva e Bide entre outros, o bloco Deixa Falar, no Largo do Estácio. O local de encontro dos fundadores ficava perto da Escola Normal. Esta coincidência geográfica é considerada a razão pela qualnasceu o termo "escola de samba". Se na escola normal formavam-se professores, os criadores do Deixa Falar difundiram o samba por vários bairros. O bloco se entitulava escola de samba mas nunca chegou a ser uma, de fato. O termo não chegou a ser utilizado embora todos reconheçam que esta foi a primeira.
Abril de 1929: No dia 28, um grupo que incluía figuras como Cartola e Carlos Cachaça transformava o Bloco dos Arengueiros em Estação Primeira de Mangueira. Mas até por volta de 1934, o termo escola de samba era um codinome dos mangueirenses que ainda eram chamados por vezes de Bloco.

Dezembro de 1931: No dia 31, foi fundada a Unidos da Tijuca.
Fevereiro de 1932: O jornal "Mundo Sportivo", dirigido pelo jornalista Mário Filho (que hoje empresta o nome ao Estádio do Maracanã), resolve organizar o primeiro torneio de escolas de samba. Como os corsos passavam no domingo, os ranchos na segunda e as grandes sociedades na terça, não havia local para as escolas na Avenida Rio Branco, local oficial dos desfiles de carnaval. Adotou-se como local a Praça 11 de Junho.
7 de fevereiro de 1932: Acontecia o primeiro desfile, na Praca Onze, que lotou o local para assistir a apresentação de 19 escolas, desde às 20h30. Cada escola podeira apresentar três sambas. A vencedora foi a Mangueira. A Deixa Falar, que havia resolvido virar um rancho faz o seu primeiro desfile competitivo que foi um fiasco. Depois do carnaval, acusações internas de mal uso das verbas. A primeira "escola de samba" acaba.
Fevereiro de 1933: Com o fim do "Mundo Sportivo", o jornal "O Globo" assume a organização do concurso das escolas de samba, que é, pela segunda vez, vencido pela Mangueira. Desfilaram 35 escolas, entre 20h30 e 4h15 da manhã. Os jornais destacam que a Unidos da Tijuca se apresentou com um samba que era "de acordo com o enredo". Muitos especialistas consideram este o primeiro samba-enredo, apesar de a paternidade do gênero também ser reivindicada a Paulo da Portela.
Janeiro de 1934: No dia 20, realizou-se no Campo de Santana um desfile em homenagem ao prefeito Pedro Ernesto, considerado um dos mecenas das escolas de samba. A Mangueira foi tricampeã. No carnaval propriamente dito, as principais escolas alegaram já ter participado de um concurso e não quiseram disputar novamente. Foi a única vez que o desfile "oficial" se realizou fora do carnaval.
Maio de 1934: Em 1º de maio, o bloco Vai Como Pode foi renovar a sua licença para poder continuar funcionando. O delegado encarregado, Dulcídio Gonçalves, recusou-se a registrar o nome "Vai Como Pode", dizendo que era inadeuqado para uma agremiação "daquele porte". Então o sambista Paulo da Portela era uma das figuras mais respeitadas no mundo do samba. O bloco tinha sua sede na Estrada Portela. O delegado sugeriu então que o bloco fosse registrado como Grêmio Recreativo Escolas de Samba Portela. Esta designação (GRES) acabou sendo utilizada por todas as demais.
Setembro de 1934: No dia 6, 28 escolas fundam a União das Escolas de Samba.
Fevereiro de 1935: Pela primeira vez, o desfile das escolas de samba ganha subvenção oficial da Prefeitura, o que só ocorria com ranchos e grandes sociedades. Foi a primeira vez que o bloco Vai Como Pode desfilou como Portela. E foi vencedor.
Fevereiro de 1937: O delegado Dulcídio Gonçalves interfere de novo. Mandou simplesmente encerrar o desfile "que passava da hora" quando apenas 16 das 32 escolas inscritas haviam desfilado. Não puderam se apresentar entre outras a campeã do ano anterior, a Unidos da Tijuca, e a Mangueira. O juri indicou como campeã a Vizinha Faladeira, que trouxe uma comissão de frente montada em cavalos.
Fevereiro de 1938: Foram proibidos pelo regulamento carros alegóricos e temas que não fossem nacionais. Esta proibição só foi extinta no ano de 1997. Em 38, a comissão julgadora não apareceu. As escolas desfilaram mas não houve vencedores.
Início de 1939: A União das Escolas de Samba passa a se chamar União Geral das Escolas de Samba.
Fevereiro de 1939: A Portela é a grande sensação do desfile ao apresentar todos os seus componentes fantasiados de acordo com o enredo e ganha seu segundo título. A comissão julgadora, da qual participava Austregésilo de Ataíde, desclassificou a Vizinha Faladeira por trazer um tema estrangeiro ("Branca de Neve e os Sete Anões").
Fevereiro de 1940: As escolas são proibidas de funcionar por causa de uma briga que feriu uma passista de uma escola. Depois de muitos protestos, que envolveram inclusive o cantor Francisco Alves, a proibição foi revogada. A escola de samba Vizinha Faladeira, em protesto pela desclassificação, passa por trás da comissão julgadora (que naquela época ficava em um palanque). Os diretores da escola anunciam que a escola se retiraria do carnaval. "Um dia voltamos...".

Fevereiro de 1941: A Portela inicia uma série de vitórias que a tornaria até hoje a escola com mais campeonatos.
Fevereiro de 1942: O desfile acontece pela última vez na tradicional Praça Onze, quase inteiramente demolida para a construção da avenida Presidente Vargas. Neste carnaval, por causa de brigas na hora de desfilar, Paulo da Portela se afasta da escola que fundou.
Fevereiro de 1945: A Segunda Guerra fez com que os jornais pouco falassem de carnaval. Neste ano, a imprensa só falou de uma briga que ocorreu entre desfilantes que terminou com 20 pessoas feridas e um morto. O desfile foi no campo do Vasco da Gama. A Praça Onze não existia mais.
Fevereiro de 1946: No carnaval da vitória todas as escolas enalteceram o fim da guerra que terminou com a derrota dos nazistas. O regulamento proíbe versos improvisados nos sambas e carros alegóricos motorizados ou puxados por animais. No desfile, a escola Prazer da Serrinha troca de samba na hora de entrar. A crise, provocada pela decisão de seu presidente, levaria um ano mais tarde à fundação do Império Serrano.
Abril de 1946: Nasce a Unidos de Vila Isabel.
Janeiro de 1947: A aproximação dos sambistas da esquerda fez com que o governo e a direita fundassem uma associação com o intuito de esvaziar a União Geral das Escolas de Samba. É Fundada a Federação Brasileira das Escolas de Samba.
Fevereiro de 1947: O desfile marca a guerra fria entre as duas associações. Das 48 inscritas, desfilam 26, pela primeira vez na nova avenida Presidente Vargas. O júri dá o título à Portela pela sétima vez consecutiva.
Março de 1947: Finalmente os dissidentes da escola Prazer da Serrinha resolvem se rebelar de vez e fundam no dia 23 o Império Serrano.
Fevereiro de 1948: Desfilando muito bem em seu primeiro ano, o Império Serrano vence o carnaval, trazendo todos os componentes fantasiados, o que era difícil na época, e o casal de mestre-sala e porta-bandeira no meio da escola, ao contrário do que mandava a tradição, de trazê-los logo no começo. O resultado levanta suspeitas de que a Federação das Escolas havia favorecido o Império. Mangueira e Portela ao longo do ano se desligaram da Fedração, prometendo ressucitar a União das Escolas de Samba.
Janeiro de 1949: No dia 30, morre Paulo da Portela. Seu enterro é acompanhado por 15 mil pessoas.
Entre 1949 e 1951: Houve dois desfiles. Um oficial, que era subvencionado pela Prefeitura, e tinha como principal escola o Império Serrano. Do outro lado, sem verba alguma, desfilavam as dissidentes Portela e Mangueira. O Império ganhou todos os desfiles oficiais nestes anos.

1952: Com o Partido Comunista na ilegalidade, as escolas deixam de ser palco de disputas políticas. O grande evento do carnaval era o tira-teima entre Portela e Mangueira, de um lado, e Império Serrano do outro. Foi montado um tablado para o desfile e pela primeira vez havia arquibancada e palanque de autoridades. A Portela e a Mangueira empolgaram o público. Durante o desfile do Império caiu uma chuva muito forte que afugentou o juri. Por isso, a pedido dos imerianos, os envelopes nem chegaram a ser abertos. É criada a regra do acesso e descenso. As principais desfilaram na Presidente Vargas e as menores no local onde foi a Praça Onze.
Depois do carnaval de 1953: Houve a fusão das entidades, nascendo daí a Asscociação das Escolas de Samba do Brasil.
Fevereiro de 1953: Com o juri abrigado em uma coberta para se proteger da chuva o desfile foi realizado. A Portela se apresentou com muita gana e venceu o confronto, obtendo nota 10 em todos os quesitos, fato inédito até então na história das escolas.
Março de 1953: No dia 15 é nomeada a primeira diretoria da escola de samba Acadêmicos do Salgueiro, fusão da Azul e Branco e Depois eu Digo.
Fevereiro de 1954: Beneficiada pela posição de uma das escolas que o formaram o Salgueiro desfila pela primeira vez no grupo principal e acaba em terceiro lugar na frente da Portela.
1955: "Tiradentes", tema do Império Serrano em 1949 torna-se o primeiro samba-enredo a ser gravado por um artista da música popular, pelo cantor Roberto Silva.
Fevereiro de 1957: O desfile é transferido para a avenida Rio Branco, onde desfilavam os ranchos, em virtude do excesso de público que se interessava pela apresentação, àquela altura o principal evento do carnaval carioca. Abandonou-se a idéia do tablado. A imprensa estimou que o público presente ao desfile chegava 700 mil pessoas.
Fevereiro de 1959: O Salgueiro contrata uma dupla de artistas plásticos para fazer o carnaval, Dirceu Neri e Marie Louise. Ambos resolvem abanonar os desengonçados carros alegóricos e criam os adereços de mãos, causando grande impacto visual.
Abril de 1959: O Salgueiro faz uma apresentação em Cuba, pouco depois da vitória de Fidel Castro. Era a primeira vez que uma escola de samba ia ao exterior.
1960: Fernando Pamplona, cenógrafo do Teatro Muinicipal, é convidado para fazer o carnaval do Salgueiro. Mantém os artistas que fizeram o carnaval anterior e ainda convida seu colega de trabalho Arlindo Rodrigues. Eles montam um enredo sobre Zumbi dos Palmares. Era aprimeira vez que uma escola ia homenagear um personagem da história não-oficial. Foi difícil convencer a escola que precisava haver alas vestidas de escravos.
Carnaval de 1960: Os favoritos para vencer o desfile eram Portela e Salgueiro. Na apuração deu Portela em primeiro, Mangueira em segundo e Salgueiro em terceiro. Naquele ano foi introduzido o quesito cronometragem para as escolas que ultrapassassem. As duas primeiras foram penalizadas em 15 pontos. O título ficaria com o Salgueiro. Os dirigentes de outras escolas se revoltaram com a mudança do resultado. O tumulto foi aumentado com a ação da polícia que partiu para cima dos sambistas batendo com cassetetes. No dia seguinte houve uma reunião para decidir o impasse. Ficou decidido que as cinco primeiras colocadas (Portela, Mangueira, Salgueiro, Império e Unidos da Capela) seriam declaradas campeãs. No domingo seguinte foi realizado em Madureira, bairro da Portela, um desfile com todas as campeãs. Mal sabiam elas que estavam participando da comemoração pelo tetracampeonato dos portelenses.
(... continua na próxima...)

FONTE: APOTEOSE.COM - O POINT DO SAMBA NA NET
Disponível pelo site http://www.apoteose.com/ Acesso em: 10/01/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGENDA DA SEMANA DO BLOG RESPIRANDO CARNAVAL:

CONFIRA DA AGENDA DA SEMANA DO BLOG RESPIRANDO CARNAVAL:
CLICA AQUI E VER A AGENDA

CONFIRA DA AGENDA DA SEMANA DA MUSA DO BLOCO BURLESCO E BLOG RESPIRANDO CARNAVAL:
CLICA AQUI E VER A AGENDA


OBS: ENTRE CONTATO CLICA AQUI E BASTA PREENCHER OS DADOS E PASSA A AGENDA AS INFORMAÇÕES DA SUAS ESCOLAS DE SAMBAS E BLOCOS BURLESCO PRA NÓS DIVULGAR AQUI.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags BLOG RESPIRANDO CARNAVAL

NOTÍCIAS ESCOLA DE SAMBA ESPECIAL SAMBA NO PÉ GAÚCHA NO CARNAVAL PROGRAMA GAÚCHA NO CARNAVAL RÁDIO GAÚCHA AM 600 kHz E FM 93.7 mHz UNIDOS DA SÃO GABRIEL MIRIM UNIDOS DO PROMORAR RÁDIO DIFUSORA AM 1.580 kHz BLOCOS ACADÊMICOS DO GRANDE ARROIO AMIGOS DO PIPOQUINHA ANIVERSÁRIO CLUBES BLOG RESPIRANDO CARNAVAL LETRA DO SAMBA CLUBE CAIXEIRAL 1 WEB RÁDIO RESPIRANDO CARNAVAL GLOBELEZA WEB RÁDIO ENTREVISTA PROGRAMA RESPIRANDO CARNAVAL PROGRAMA PRÉ CARNAVAL PROGRAMAS BLOCO LULUZINHA LIESAG BLOCO CATURRA CARNAVAL DE RECIFE SEMENTES DO AMANHÃ JORNAL BLOCO AS VENENOSAS RECIFE BLOCO DO CAROÇO CORTE MUNICIPAL UNIDOS DA SÃO JOSÉ EM NOTA JORNAL CORREIO DO SUL REGIONAL BAILE MUNICIPAL DE CARNAVAL BLOCO DO SACY CARNAVAL DE OLINDA OLINDA RÁDIO STÚDIO FM 104.9 mHz RAÍZES DO ARROIO GRANDE LETRA DA SAMBA NO PÉ UNIDOS DA PONTE RESGATANDO A HISTÓRIA CARNAVAL 2016 IMPÉRIO DO SUL LETRA DA UNIDOS DA SÃO GABRIEL PROGRAMA EXPRESSO NOTURNO RÁDIO UNIVERSIDADE AM 1.160 kHz CORTE MUNICIPAL MIRIM ANIVERSÁRIO DE SEMENTES DO AMANHÃ CARNAVAL 2015 COLUNA RESPIRANDO CARNAVAL GLOBELEZA 2017 ENQUETE GLOBELEZA 2016 LETRA DA ACADÊMICOS DO GRANDE ARROIO LETRA DA UNIDOS DO PROMORAR CARNAVAL 2017. AO VIVO CARNAVAL 2018. RÁDIO DIFUSORA AM 1.580 kHz E FM 106.3 mHz CLUBE DO COMÉRCIO LIBBAG WEB RÁDIO CARNAVAL CARIOCA CARNAVAL 2014 CLUBE GUARANY GLOBELEZA 2014 AUDIO ENCONTRO DE BLOCOS BURLESCOS CARNAVAL 2010 CARNAVAL 2011 CARNAVAL 2017 ANIVERSÁRIO DO BLOG RESPIRANDO CARNAVAL BLOCO BURLESCO RESPIRANDO CARNAVAL CLUBE CAIXEIRAL LETRA DO AMIGOS DO PIPOQUINHA LETRA DO SAMBA 2011 WEB RÁDIO CARNAVALESCO ANIVERSÁRIO DA RAÍZES DO ARROIO GRANDE ANIVERSÁRIO DA SAMBA NO PÉ ANIVERSÁRIO DO UNIDOS DA PONTE ANIVERSÁRIO DO UNIDOS DA SÃO GABRIEL ANIVERSÁRIO DO UNIDOS DA SÃO JOSÉ ANIVERSÁRIO DO UNIDOS DO PROMORAR CARNAVAL 2009 CARNAVAL 2012 CARNAVAL 2013 ANIVERSÁRIO DA ACADÊMICOS DO GRANDE ARROIO APARTIR DE HOJE JÁ COMEÇA O ENSAIO DAS ESCOLAS DE SAMBAS JORNAL MERIDIONAL LESAG MUAMBA POPULAR CARNAVAL PROGRAMA ESQUENTANDO OS TAMBORINS ANO NOVO FELIZ NATAL LETRA DO SAMBA 2010 LETRA DO SAMBA 2012 LETRA DO SAMBA 2014 LETRA DO SAMBA 2015 RETROSPECTIVA CARNAVAL 2019 PRIMEIRO DIA DO ANO TEMPORADA 2008 TEMPORADA 2013/2014 ANIVERSÁRIO DO IMPÉRIO DO SUL CARNAVAL 2018 CLIPE DAS ESCOLAS DE SAMBA DECRETO GLTC LETRA DA SEMENTES DO AMANHÃ LETRA DO SAMBA 2009 LETRA DO SAMBA 2013 LETRA DO SAMBA 2016 LETRA DO SAMBA 2017 LETRA DO SAMBA 2019 LIBAG NOTA DAS CADEIRAS RESGATANDO A HISTÓRIA DA SAMBA NO PÉ VANDERLEI SOARES APLICATIVOS CELULARES GLOBELEZA 2018 GRUPO BLOCH JORNAL A EVOLUÇÃO LETRA DO SAMBA 2018 REDE MANCHETE RESGATANDO A HISTÓRIA DA UNIDOS DA SÃO GABRIEL RESGATANDO A HISTÓRIA DA UNIDOS DA SÃO JOSÉ RESGATANDO A HISTÓRIA DA UNIDOS DO PROMORAR RÁDIO DIFUSORA FM 106.3 mHz SUPER RÁDIO TUPI AM 1280 kHz e FM 96.5 mHz TUPI CARNAVAL TOTAL ANIVERSÁRIO DO AMIGOS DO PIPOQUINHA BLOCO BANDA DO TICÃO COLUNA A EVOLUÇÃO NO CARNAVAL COMUNICADO MUSA DO BLOCO BURLESCO E BLOG RESPIRANDO CARNAVAL ORDEM DOS DESFILES OS PARCEIROS DO BLOG RESPIRANDO CARNAVAL TEMPORADA 2006 TEMPORADA 2007 ANIVERSÁRIO DA WEB RÁDIO RESPIRANDO CARNAVAL DEFENSORES DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL DE ARROIO GRANDE FOI NO CARNAVAL QUE PASSOU... LETRA DA RAÍZES DO ARROIO GRANDE LETRA DO SAMBA UNIDOS DA SÃO JOSÉ APRENDIZES DO SAMBA BLOCO AMIGOS DA 15 GLOBELEZA 2015 PORTAL TERRA DE MAUÁ PROGRAMA SAMBA DE PRIMEIRA RIO DE JANEIRO RÁDIO GLOBO AM 1220 kHz e FM 89.5 mHz ARROIO GRANDE BARÃO DE MAUÁ CARNAVAL RECIFE PROGRAMA TOQUE POPULAR RÁDIO GUAÍBA AM 720 kHz e FM 101.3 mHz SORTEIO DA ORDEM DOS DESFILES TRIO ELÉTRICO VISCONDE DE MAUÁ ANGELA MARIA AYTON SENNA BLOCO BOHEMIOS BLOCO DA SERAFINA BLOCO KALILA BLOCO TNT BLOCO UDT BLOCO XUSMERIO DA NEGRINHA CARNAVAL 2020 CARNAVAL DA MANCHETE CLASSIFICADOS DA ESCOLAS DE SAMBA ESTAÇÃO PRIMEIRA DA ZONA NORTE GTC LETRA DO IMPÉRIO DO SUL LIESA MEMÓRIA DO CARNAVAL PROGRAMA SAMBA DE ENREDO DE ARROIO GRANDE REDE CNT REVISTA MANCHETE RÁDIO BANDEIRANTES AM 640 KHZ E FM 94.9 MHZ RÁDIO CHARRUA AM 1.140 kHz E FM 97.7 mHz RÁDIO MANCHETE AM 760 kHz RÁDIO PELOTENSE AM 620 kHz S. ROSAS DE OURO SBT SONHO DE CRIANÇA TRIO ELÉTRICO PROIBIDOS TVCOM WEB RÁDIO ARQUIBANCADA